História

Em janeiro de 1913 o arcebispo de Salvador comunicou oficialmente a notícia da criação da diocese de Ilhéus, conforme registro feito por Silva Campos:

Em 20 de outubro de 1913, o papa Pio X, mediante a bula “Majus animarum bonum” (Para o maior bem das almas) criou as Dioceses de Barra, Caetité e Ilhéus, desmembradas da Arquidiocese de São Salvador da Bahia.

Compreendia 28 paróquias, algumas pertencentes às antigas capitanias de Ilhéus e Porto Seguro. Na época contava com 14 sacerdotes, além de 2 ou 3 frades no convento de Cairú, para atender toda a região do sul da Bahia.

Hoje fazem parte da Diocese de Ilhéus as paróquias: São Jorge dos Ilhéus (1556); Nossa Senhora da Assunção de Camamu (1570); São Miguel da Barra do Rio de Contas (1718), hoje Itacaré; São Sebastião de Marau (1718); Nossa Senhora da Escada de Olivença (1758); Santo André (1758), hoje Ituberá; Nossa Senhora das Dores de Igrapiuna (1801). A paróquia de Barcelos foi suprimida e é uma comunidade da paróquia de Camamu.

Dom Mauro Montagnoli

Acesse a sessão do bispo no site, obtendo acesso as suas publicações e suas atividades.

FIQUE POR DENTRO

Inscreva-se para receber atualizações do nosso portal de notícias, acompanhando todas as novidades no seu e-mail a todo momento.

INSCREVA-SE AGORA


DIOCESE DE ILHÉUS

  • (73) 3231 3368
  • contato@diocesedeilheus.com.br